COM-VIDA: Afonso Gomes de Carvalho

A comissão do meio ambiente e qualidade de vida a COM-VIDA da escola Afonso Gomes de Carvalho, composta pelos estudantes dos 5° anos A e B, reuniram-se no dia 25/4. Com o objetivo de dialogar e refletir sobre questões ambientais na escola.

Apresentaram questões importantíssimas sobre problemas ambientas contidos na escola, pensando no proposito de preservar, economizar,aproveitar e reaproveitar. Com foco no ambiente escolar mas também relacionando ao contexto geral em suas vidas, pois o aprendizado e as ações coletivas fazem parte do dia a dia dos educandos. Foi apresentado o plano de trabalho proposto pelo coletivo educador e relacionado dentro do mesmo os problemas que haviam conversado.

Cada educando criou uma pedra de forma pessoal e colou um dos problemas no interior da mesma.

Para transformar os problemas em sonhos que aos poucos e de forma coletiva criarão formas e ganharão mais força na sua realização no decorrer das ações. Os educandos criaram juntos a árvore dos sonhos utilizando alguns materiais de sucata, tinta e papel.

Confecção da ÁRVORE DOS SONHOS.

Escolheram juntos alguns problemas que irão resolver neste ano na escola. Escreveram os mesmos dentro de maças (confeccionadas por eles) e os respectivos motivos.

Frutos: Sonhos e ações que irão realizar no decorrer do ano.


Após a produção dos frutos que representam os sonhos os educandos apresentaram aos colegas e juntos selecionaram a ordem de sonhos que irão realizar, colocando-os na árvore dos sonhos.

Sonhos foram acrescentados à ÁRVORE DOS SONHOS.
Equipe COM-VIDA 5° A.

Foram momentos cheios de troca de conhecimento e interesse dos educandos que participaram integralmente.

Classe de Educação Infantil na Mostratec/2017 com projeto de reutilização de materiais

A Classe de Educação Infantil B 2, da professora Elisiane, desenvolveu o Projeto “Rodas, cantos e encantos”, o qual teve como objetivo resgatar cantigas de rodas e brincadeiras através da vivência buscando informações com pais, avós, amigos, livros, vídeos e outros , proporcionando a aproximação entre os alunos, a expansão da criatividade, o desenvolvimento da autonomia, atenção e, especialmente, o conhecimento e a própria cultura.

Durante a realização do projeto, foi dado diversos enfoques ao mesmo, e um deles foi a construção de brinquedos a partir de materiais reaproveitáveis. Em uma das rodas de conversas sobre o trabalho, os alunos (5 anos) disseram o que estavam aprendendo e foi muito interessante, pois surgiu a preocupação com o meio ambiente ao levantarem as seguintes afirmações:

“Estamos aprendendo a construir brinquedos; a cuidar da natureza e do meio ambiente, reaproveitando os materiais de sucata ao invés de colocá-los no lixo; que a gente não precisa gastar dinheiro para ter brinquedos, podemos construir em casa; devemos cuidar nossos brinquedos para não estragar; quando não queremos mais um brinquedo podemos doá-lo à outra criança para fazê-la feliz, ao invés de jogar no lixo”.

Através do projeto foi possível desenvolver uma consciência ecológico no ato de brincar, sendo esta uma das principais atividades dessa faixa etária, com muito envolvimento das famílias também.

Alunas da CEI B2 representado a turma na Mostratec – Educação Infantil (outubro/2017)

 

 

Recolhimento de tampinhas plásticas, lacres de metal, pilhas e óleo de cozinha

Este ano também realizamos em nossa escola a Campanha de recolhimento de tampinhas plásticas, lacres de metal, pilhas e óleo de cozinha. Foi entregue para todos os alunos bilhetes sobre a campanha e constantemente estes eram lembrados. As tampinhas recolhidas eram depositadas na caixa em frente ao Supermercado Rissul, as pilhas também foram entregues no Rissul e os lacres enviados para a EMEF Visconde de Mauá.

Alunos da CEI-B2 ajudando a colocar tampinhas plásticas na caixa da escola

Projeto “Papel: da origem ao reaproveitamento”

Durante o 1º semestre letivo- 2017, os alunos do 2º ano B desenvolveram o projeto “Papel: da origem ao reaproveitamento”, o qual teve como objetivo principal conscientizar a comunidade escolar sobre o uso e consumo consciente do papel visando a redução dos impactos ambientais para a natureza e incentivando o cultura do reaproveitamento.

Durante o projeto a turma pesquisou sobre a origem do papel e como era a escrita na antiguidade, realizando atividades que representassem esse modo de escrita, como mostra nas fotos.

Também iniciou-se o recolhimento do papel branco nas dependências da escola, dando um destino adequado para a realização da reciclagem desse papel. Toda sexta-feira os ajudantes do dia tinham o dever de fazer o recolhimento. Uma parte do papel recolhido foi utilizado para fazer papel reciclado, na sala de aula:

Processo de reciclagem manual de papel

 

 

A turma realizou cartazes de conscientização da separação correta dos resíduos para colocar no refeitório, sendo que cada dia os ajudantes do dia eram responsáveis por orientar os colegas da escola sobre a lixeira correta para descarte dos seu lixo:

Colocação de cartazes junto às lixeiras no refeitório

 

Este projeto foi apresentado na Feira de Ciências da nossa escola, em julho/2017 e teve grande envolvimento dos alunos durante o seu desenvolvimento.