Visita ao CEA Ernest Sarlet

Uma das preocupações dos estudantes do 4º ano e representantes do COMVIDA, é quanto à separação adequada dos resíduos. Nesse sentido, enquanto desenvolviam o projeto “O lixo no caminho e as águas” (que também é o sonho 1 da turma), realizaram diversas atividades visando a separação correta na escola. Uma das ações realizadas, foi a saída pedagógica ao Centro de Educação Ambiental Ernest Sarlet, onde formalizaram a entrega dos materiais recicláveis recolhidos e receberam mudas de plantas em troca; participaram de uma conversa sobre as ações desenvolvidas no local, bem como puderam conhecer o espaço e vivenciar novas aprendizagens visando a preservação ambiental. As mudas serão plantadas no espaço da horta escolar.

Observação dos resíduos do cotidiano

Uma das ações realizadas pelos alunos foi a observação, análise e separação dos resíduos coletados tanto no espaço escolar quanto no entorno da escola. Após o estudo dos materiais, foram descartados nas lixeiras adequadas para posterior coleta. Os alunos aproveitaram a ocasião para etiquetar as lixeiras das salas de aula e demais espaços da escola. Além disso, também conversaram com os demais alunos buscando a conscientização de todos.

Oficina de Futuro

Os alunos do 3º e 4º ano desenvolveram a Oficina de Futuro onde confeccionaram a árvore dos sonhos e refletiram sobre as pedras no caminho. Após a discussão, escolheram três ações que irão desenvolver ao longo do ano letivo de 2019: a separação correta de resíduos gerados no espaço escolar, a criação de um espaço para plantar temperos e chás e o estudo do aproveitamento dos resíduos orgânicos.

Separação de resíduos

Uma das preocupações do COM-VIDA é com a separação correta dos resíduos nas dependências da escola, por isso desde abril, a turma coleta e separa o papel branco e está fazendo o monitoramento da quantidade gerada ao longo do ano letivo.

Os estudantes também confeccionaram caixas para a separação dos resíduos para cada sala de aula e para suas casas, disponibilizaram próximo à escada de acesso ao segundo andar um recipiente para a coleta de pilhas e baterias bem como colocaram em cada sala um recipiente para coleta de aparas de lápis. As ações estão previstas para ocorrem até o final d ano e será dado o destino correto para cada um dos materiais recolhidos.